Investimentos

Como Comprar Ações? É Um Bom Negócio?

Um quarto do volume financeiro negociado na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) em 2006 saiu da carteira de “pessoas comuns”, ou seja, gente com pouco conhecimento em finanças e o desejo de ganhar dinheiro no longo prazo.

As perspectivas para o futuro próximo – com taxa de juros em queda e economia em ascensão – também são boas.

Por isso, vale a pena entender como comprar e vender ações, uma operação bem mais simples do que os tumultuados e já superados pregões da Bolsa faziam supor.

Investir em ações é um bom negócio?

como-investir-na-bolsa-comprar-acoes

Em 2006, os papéis da Bovespa valorizaram-se 32% – o dobro da média de rendimento de um fundo de renda fixa. As perspectivas para o médio e o longo prazo também são boas, concordam os analistas. Os principais indicadores financeiros do Brasil mostram que o país tem tudo para atravessar um ciclo de crescimento sustentável, com estabilidade para a economia e oportunidades para as empresas. E uma vez que as empresas lucram mais, seus sócios – ou seja, todos os acionistas – também ganham mais. É importante ressaltar, porém, que investir neste mercado exige cautela: É preciso analisar os riscos e contar com a possibilidade de retorno do investimento no longo prazo.

Como faço para investir na Bolsa?

Há dois caminhos para o investidor comprar e vender ações: via corretora de valores ou bancos:

– As corretoras são membros das Bolsas de Valores credenciados pelo Banco Central e habilitados a negociar valores mobiliários com exclusividade no sistema eletrônico da Bovespa. Para comercializar ações, portanto, o investidor precisa ser cliente de uma dessas empresas. Elas oferecem análises de mercado que indicam o melhor momento para comprar e vender papéis para obter melhores resultados.

– Já os bancos administram fundos de ações, cestas que variam conforme os resultados das empresas cotadas na Bolsa. Neste caso, é o banco quem decide quando e como investir.

Afinal, o que são ações?

Ações são pequenos “pedaços” de uma empresa. Por isso, quem detém ações de uma companhia é dono de uma parte dela – ou melhor, é um dos seus sócios. As ações também são chamadas de “papéis”, pois, segundo a definição formal, ações são “títulos nominativos” que representam frações do capital social de uma empresa.

 Fonte: veja.com

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.