Top Ad unit 728 × 90


Smartphones chineses: dicas para comprar celulares com Android

smartphone-da-china

A popularização do sistema operacional móvel Android, além da sua facilidade em ser adaptado a praticamente qualquer tablet ou smartphone, fez com que dezenas, centenas de aparelhos “diferenciados”, vamos dizer assim, saíssem da China para ganhar o mundo.
Entre os mercados mais atraentes para esse tipo de gadget alternativo estão os países emergentes, pois eles dão muito espaço para os chamados aparelhos de entrada. Além da própria China, outras nações, como Rússia, Índia e, é claro, o Brasil, recebem de braços abertos esses portáteis.

Vale lembrar que pesquisas recentes feitas pelo sistema de pagamento PayPal apontam que 48% do público brasileiro que compra produtos online utiliza algum site chinês. Até por isso, os governos da China e do Brasil vêm estreitando relações, de forma que há a promessa de que eles passem a processar e entregar pedidos em nosso país de forma cada vez mais ágil.

Smartphones chineses: dicas para comprar aparelhos com Android

Assim, comprar um smartphone diretamente da China começa a parecer uma ideia cada vez mais interessante. Aparelhos com hardware razoável e um preço bem mais convidativo já fazem a cabeça de 13% do mercado de smartphones do Brasil – número que promete aumentar.

Dessa forma, alguns usuários do fórum hardMOB juntaram algumas dicas sobre os principais aparelhos, sites de pesquisa, lojas online e outros serviços que tenham a ver com as compras desses eletrônicos na China. Com algumas informações de lá e mais algumas pesquisas na internet, trazemos agora algumas dicas para quem deseja comprar um celular chinês. Confira.


Importante: se não quiser jogar dinheiro fora, é melhor correr


Antes de sair comprando tablets e celulares para a família inteira, é importante estar a par de vários assuntos importantes que fazem parte desse processo. Não se esqueça de que se trata de uma aquisição internacional, de forma que as regras e a legislação são bem diferentes nesses casos.

Smartphones chineses: dicas para comprar aparelhos com Android
Anatel quer acabar com a festa dos celulares chineses (Fonte da imagem: Divulgação/Anatel)


Entre os principais pontos a serem levados em consideração está o fato de que a Anatel pretende bloquear o funcionamento dos aparelhos que são importados e que não contam com a devida homologação do órgão.

Esse é um assunto polêmico e que já trouxemos à tona em alguns textos do Tecmundo. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, a ideia surgiu para atender a dois propósitos específicos. Primeiro, a intenção é proteger o consumidor na hora da compra, pois aparelhos homologados  têm qualidade e principalmente segurança comprovados.
Além disso, a Anatel também quer combater o comércio ilegal desses aparelhos, pois a maioria é vendida por importadores irregulares. É claro que, aqui, lojas brasileiras e operadoras também saem ganhando, afinal de contas, isso significa também que as suas vendas poderão aumentar.

Assim, o órgão estipulou por meio de um ofício enviado às operadoras no último dia 16 de janeiro o prazo de um ano para que as empresas de telefonia apontem as maneiras pelas quais realizarão os devidos bloqueios desses aparelhos “piratas”.

Smartphones chineses: dicas para comprar aparelhos com Android
Aparelhos "regulares" e de grandes empresas não devem ser afetados (Fonte da imagem: Divulgação/LG)

A Agência Nacional de Telecomunicações, no entanto, cita também que os donos de aparelhos que tenham comprado smartphones antes dessa data não poderão ser prejudicados. Isso significa que, se você quer comprar algo da China e sem homologação da Anatel, é melhor correr e fazer isso até o próximo mês de janeiro. Vale lembrar também que os aparelhos "regulares" e que são lançados tanto aqui no Brasil como em outros países continuarão funcionando normalmente.

Que frequência posso comprar?

Uma importante informação para quem deseja comprar um smartphone chinês é saber com qual tipo de frequência ele trabalha. Sim, esse dado está disponível nas lojas online, contudo, você deve se lembrar também de checar se tais frequências batem com aquelas utilizadas no Brasil e em sua região.
A maneira mais confiável de você conferir esse cruzamento de informações é simplesmente comparar a compatibilidade do smartphone desejado com as frequências universais aprovadas e utilizadas pela Anatel no Brasil. Confira:

  • 2G: GSM 850/900/1800/1900 MHz
  • 3G: WCDMA 850/2.100 MHz
  • 4G: LTE 2.500 até 2.690 MHz


Quais aparelhos?


Conferir a frequência dos gadgets é um filtro bastante útil, entretanto, é só o começo na hora de começar a procurar um bom aparelho. Isso porque, mesmo com essa primeira exigência, vamos dizer assim, sendo respeitada, você perceberá que há uma verdadeira enxurrada de tablets e smartphones para você pesquisar.

Smartphones chineses: dicas para comprar aparelhos com Android
Xiaomi é uma das marcas mais procuradas (Fonte da imagem: Reprodução/Deal Extreme)


Assim, é importante que você explore também a internet e busque dicas e opções já conhecidas do grande público. Fóruns especializados em smartphones podem se mostrar uma boa alternativa para você começar a dar uma pesquisada.

Além disso, é mais do que recomendado que você dê preferência às marcas mais conhecidas. Há uma grande quantidade de empresas renomadas que ainda não atuam no Brasil, mas que contam com um mercado grande lá na China – como a Lenovo, por exemplo. A Huawei também é uma alternativa interessante, assim como a Xiaomi. Inclusive, no fórum hardMOB, citado acima, há algumas boas dicas sobre os principais aparelhos.


Encontre o melhor preço... Direto na China!


Com alguns aparelhos selecionados para que você escolha algum para comprar, agora é importante que você busque os melhores preços. Há dezenas de lojas online chinesas que entregam no Brasil, de forma que pesquisar em todas elas pode ser uma tarefa maçante.

Smartphones chineses: dicas para comprar aparelhos com Android
Busque pelo melhor preço (Fonte da imagem: Reprodução/ChinaPrices)


Assim, uma boa alternativa é, além de conferir as principais lojas, utilizar alguns serviços que reúnem os preços praticados por diversos sites. Há três ferramentas que se destacam nesse sentido:

Ficar de olho nos métodos de pagamento também é uma dica bem interessante. Sites como o TinyDeal, o Price Angels e o Dino Direct, por exemplo, aceitam que você realize compras e pague tudo por meio de boleto bancário – algo muito útil para quem não tem cartão internacional ou não utiliza o PayPal.
Por fim, não se esqueça de checar informações importantes dos sites, conferindo se eles respondem comentários, se disponibilizam a avaliações e quantas compras foram realizadas, se entregam no Brasil e, é claro, se tais lojas são recomendadas por outras pessoas.


As grandes lojas


Como não poderia deixar de ser, há uma enorme quantidade de lojas online chinesas que dizem entregar em todo o planeta. Como dito acima, é importante checar os métodos de pagamento, de envio e se tais páginas são realmente confiáveis.

Smartphones chineses: dicas para comprar aparelhos com Android
Lojas grandes da China (Fonte da imagem: Reprodução/Geekbuying)


Há alguns sites que já são bem conhecidos do público brasileiro, como o Deal Extreme, o Geek Buying e o AliExpress. Além deles, existem também várias outras lojas online que merecem uma conferida. A lista inclui principalmente sites voltados às compras de aparelhos eletrônicos, é claro. Confira:



Calculando impostos


Você encontrou aquele aparelho desejado, já achou uma loja que o vende com um preço bem bacana e também tem certeza de que eles entregam no Brasil. Pois bem, não se esqueça também de que produtos importados podem ser taxados na hora em que entram em nosso país. Dessa forma, é importante que você já esteja contando com esse gasto “extra” na hora em que comprar o seu portátil chinês.



O site Tributado.net oferece uma calculadora online que permite a você encontrar o preço aproximado das taxas que você deverá pagar. Para isso, basta preencher os campos disponibilizados, como o valor da sua compra em dólares americanos, por exemplo.




Fonte: tecmundo.com.br
Smartphones chineses: dicas para comprar celulares com Android Reviewed by Gilson Oliveira on 18:23:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os Direitos Reservados por Renda Diária © 2011 - 2016
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.